Voltar

Hiperplasia benigna da próstata (HBP)

Aumento do volume prostático secundário à idade.

Descrição

A Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) é uma doença comum nos homens depois da quarta década de vida. Estima-se que 70% dos homens de 60 a 70 anos de idade apresentem um certo grau de aumento de volume da glândula prostática.

Como a próstata circunda a uretra logo abaixo da bexiga, o aumento do seu volume pode acarretar sintomas que irritam ou obstruem a bexiga.

Sintomas irritativos:

- Necessidade de urinar durante a noite

- Necessidade frequente de urinar durante o dia

- Chamada “urgência miccional”, a qual consiste num súbito desejo de urinar, irreprimível, podendo dar lugar a perdas de urina de frequência e volume variáveis

- Incontinência

- Diminuição do volume da urina excretada

Sintomas obstrutivos:

- Diminuição da força do jacto urinário

- Sensação de esvaziamento incompleto

- Dificuldade em começar a urinar

- Jacto urinário intermitente

- Gotejo após terminar de urinar

- Retenção

- Micção prolongada
Diagnóstico

Para avaliar a gravidade dos sintomas o médico submete o doente a um questionário (criado pela Associação Americana de Urologia).

A avaliação inicial básica de um doente com suspeita de hiperplasia benigna da próstata consiste no seguinte:

- História clínica

- Exame físico incluindo toque rectal

- Análises laboratoriais (Análises à urina: Urina Tipo II, creatinina sérica; 1 Análise

ao sangue: PSA (antigénio específico da próstata)

mas o médico pode requerer outros exames complementares (urofluxometria, medição do resíduo pós-miccional, ecografia do rim ou da próstata...)
Tratamento

- Atitude expectante: Em muitos homens a progressão dos sintomas pode ser mínima pelo que adiar qualquer forma de tratamento pode ser uma opção. Nesse caso os doentes são seguidos todos os anos (repetindo o exame inicial)

- Terapêutica médica:

o Alfa-bloqueantes

o Inibidores da 5-alfa-reductase

o Fitoterapia

- Terapêutica cirúrgica:

o Colocação de “stent” prostático

o Vaporização da próstata com laser “Holmium”

o Coagulação intersticial com laser

o Ressecção transuretral da próstata

o Adenomectomia da próstata

Voltar